Liberação do FGTS injetará R$ 40 bilhões na economia do Brasil até 2020
15397
post-template-default,single,single-post,postid-15397,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-18.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.2,vc_responsive

Liberação do FGTS injetará R$ 40 bilhões na economia do Brasil até 2020

Liberação do FGTS injetará R$ 40 bilhões na economia do Brasil até 2020 (Foto: internet)

Liberação do FGTS injetará R$ 40 bilhões na economia do Brasil até 2020

A economia que o Brasil pode atingir ao liberar o FGTS pode ser impressionante, juntamente com a Caixa assim que anunciar a mega sena de hoje. Essa medida provisória tem algumas mudanças para a regra do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e que pode afetar boa parte dos trabalhadores.

A proposta que foi feita queria elevar a participação dos trabalhadores em seus rendimentos de 50% para agora 100%. Essa é uma medida que traz junto uma expectativa para que os recursos consigam ajudar na retomada das atividades. A retirada deve agora pode ser feita anualmente.

Mudanças no FGTS

Liberação do FGTS injetará R$ 40 bilhões na economia do Brasil até 2020 (Foto: internet)
Liberação do FGTS injetará R$ 40 bilhões na economia do Brasil até 2020 (Foto: internet)

Com as mudanças que foram feitas e com a liberação das contas ativas e inativas do FGTS, as injeções de R$ 28 bilhões para a economia podem ser vistas ainda esse ano. Ainda é esperado que mais R$ 12 bilhões possam ser usados no ano que vem, de acordo com os dados que a equipe econômica divulgou.

Acompanhando as mudanças da mega sena de hoje, é possível verificar que as regras alteraram a maneira com que o saque do fundo será feito, já estando pronta. Agora os resgates já estão sendo feitos, também abrindo para novas mudanças que devem continuar sendo anunciadas.

Os trabalhadores também vão ter as suas participações aumentadas em relação ao rendimento do fundo. Hoje é de 50% do lucro que é distribuído para os donos das contas, mas a ideia é que consiga ser de 100% deixado para os proprietários das contas. O pagamento é feito de acordo com o lucro realizado no ano anterior ao fundo.

Em relação aos saques, a programação é que a maioria dos trabalhadores consiga realizar o saque esse ano ainda, visto que a economia ainda está com dificuldades de melhorar, assim o brasileiro continua conseguindo acompanhar a mega sena de hoje. Junto com a Previdência, o país espera conseguir retomar a confiança e voltar a ter um crescimento econômico.

Movimentação do comércio

Para os especialistas, os valores ainda estão baixos nesse ano, depois de ter sido limitada o saque a R$ 500, não conseguindo contar com um impacto muito forte para a situação econômica do país.

Se a experiência que já foi vista voltar a acontecer nesse ano com a liberação do FGTS, é possível que a população gaste R$ 7 bilhões no comércio ou com a mega sena de hoje. O governo quer impactar a economia, levando o PIB também a crescer, mas com medo do nível de endividamento das famílias.

A expectativa fica, portanto, com o segmento semestre mais forte no comércio. Com os saques do FGTS, a perspectiva é que nesses últimos meses do ano o impacto seja maior. Ainda é esperado que haja uma liberação de outros programas para os trabalhadores conseguirem ter mais dinheiro para movimentar a economia.

As novidades devem continuar mostrando resultados conforme os saques terminarem de serem feitos, esperando que a economia consiga dar uma melhorada e que o país volte a crescer.

Nenhum comentário

Deixe um comentário